Quarentena: menos um milhão de toneladas de CO2 por dia
Não é só na China que a poluição está a cair a pique. Essa quebra chegou à Europa e também já é visível nas imagens de satélite.

A confirmação chegou no início desta semana: com milhões de cidadãos por todo o mundo em quarentena ou auto-isolamento devido à pandemia do novo coronavírus, estão a ser emitidos menos um milhão de toneladas de dióxido de carbono— por dia. E há especialistas que já acreditam que, embora trágica, esta pandemia pode ter enormes melhorias no ambiente, quedas de poluição e até aquecimento global.

Os dados da redução de emissões de CO2 em um milhão de toneladas por dia foram compilados pela agência Lusa com base em relatórios internacionais e revelam que as quedas na procura do petróleo, na utilização de carvão e a suspensão de milhares de voos contribuíram para a descida.

Leia o artigo completo.

18/03/2020 às 13:06

Pós-produção vídeo

Jorge Lopes

Produtora

Marta Cavaleiro
PUB