Hoje foi um dia especial: pudemos andar sem calças no metro de Lisboa
Se viu pessoas de cuecas como se nada fosse, não fique chocado, é normal. Foi dia de "Viagem de Metro Sem Calças".

Tudo começou em 2002, em Nova Iorque, quando um grupo de amigos se decidiu juntar e andar de metro sem calças. Apenas pelo divertimento e, também, para fazer as pessoas sorrir e descontrair num dia de inverno.

A partir daí, cada vez mais pessoas começaram a aderir à iniciativa, que se começou a repetir todos os anos. Não só em Nova Iorque, mas noutras cidades dos EUA e do mundo também. São Francisco, Washington, Chicago, Berlim, Londres, Toronto, Praga entre outras.

Em 2008, foi a vez de Lisboa se juntar ao evento. Como em todas as cidades, o primeiro evento não teve um grande número de participantes, mas ao longo dos anos foi crescendo cada vez mais. Este ano Lisboa não falhou e voltou a fazer o "No Pants Subway Ride", ou em português, "Viagem de Metro Sem Calças". E desta vez não foi a única cidade portuguesa, o Porto recebeu pela primeira vez o evento.

Em Lisboa, o ponto de encontro foi na Praça Luís de Camões, pelas 14h. Os participantes começaram a viagem na estação da Baixa-Chiado e, a partir daí, dividiram-se pelas linhas azul e verde do metro.

Não se começou logo a viagem sem calças, essas foram saindo ao longo do percurso. Foi de propósito, o grupo queria ver as reações das pessoas no metro e, com sorte, fazê-las aderir também ao movimento.

A "Viagem de Metro Sem Calças" aconteceu pela 12.ª vez em Lisboa.

Leia o artigo completo.

12/01/2020 às 22:18

PUB