Esta marca portuguesa inventou os chinelos mais originais do mercado - NiTtv
Esta marca portuguesa inventou os chinelos mais originais do mercado

A história de Ana Rita Malheiro começa como quase todas as histórias, na infância. São as memórias do colo da avó, com quem viveu até ser adulta, e o nome pelo qual ouvia os vizinhos chamarem-na que a levou à sua marca. Criada durante a quarentena, com vontade de lutar contra o desemprego para o qual a pandemia a empurrou, atingiu o sucesso, como acontece a tantas narrativas que enaltecem o amor.

A palavra avó é a mais repetida ao longo da entrevista telefónica que liga Lisboa à cidade de Rita, Braga. “A minha avó e as irmãs dela faziam chinelos à mão em casa para os ranchos, e depois vendiam. Ela era conhecida em Vila Verde como Chineleira”, conta-nos a criadora que quando era miúda arranjava as unhas à avó, que nunca saía de casa sem uns brincos, um colar ou um lenço.

Ana Rita Malheiro tem 26 anos e é uma das dez finalistas da edição deste ano do concurso New Talent, organizado pela NiT, Media Capital Digital e Santa Casa da Misericórdia de Lisboa, uma iniciativa que procura dar a conhecer jovens talentos ligados ao lifestyle. O vencedor irá receber um prémio de 10 mil euros para desenvolver um projeto profissional.

Leia o artigo completo.

 

05/11/2020 às 09:51

PUB