Filipa Martins: "O Terrorista Elegante" e outras boas histórias
Filipa Martins lê o seu excerto favorito da nova peça escrita por Mia Couto e Agualusa.

Festejava o Teatro da Comuna 45 anos de existência, quando João Mota desafiou os escritores José Eduardo Agualusa e Mia Couto a esboçarem a quatro mãos uma peça de teatro. O resultado foi “O Terrorista Elegante”, no pico da crise dos migrantes na Europa e quando o medo em relação ao outro se agudizava. A temática violenta da peça com roupagem humorística atinge-nos como uma bala. Em causa, está um cidadão angolano erradamente preso sob suspeita de terrorismo. Porém, a personagem irá, com mestria, confundir os investigadores e a força do texto, marcada por diálogos libertadores, trocadilhos e embaraços, torna a temática próxima e leva à reflexão entre o riso.

Esta peça, agora transposta para livro, dá o título a uma coletânea de três contos escritos em conjunto. “O Terrorista Elegante e outras histórias” (Quetzal, 2019) resulta da adaptação de três peças de teatro ao universo contista e da fusão de ideias e vozes dos dois autores.

Leia o artigo completo.

21/10/2019 às 17:46

PUB