Às dez no Largo: todos os dias há concertos de moradores neste largo do Porto
Não é um cantar com timidez, de meia dúzia de pessoas: são dezenas, às janelas, a gritar numa verdadeira festa.

Como acontece em tantos outros países, em Portugal vive-se num tempo e espaço diferentes. A grande maioria das pessoas está em casa, o contacto social é totalmente desaconselhado, as saídas só devem acontecer em caso de trabalho essencial ou necessidade máxima e é fácil e natural que muitos se comecem a sentir isolados e avassalados por tudo o que se está a passar, devido à pandemia do coronavírus.

Se é verdade que as redes sociais e novas tecnologias ajudam bastante, encurtando distâncias, permitindo manter até o contacto visual, também redes e bases como a vizinhança têm vindo, mais do que nunca, a surgir e a solidificar. E a música, que não tem limites de tempo nem de espaço, é uma constante cada vez mais presente e garantia de alegria.

Juntando as duas, temos casos incríveis de apoio entre vizinhos e desconhecidos, como o do Largo Curso Silva Monteiro, no Lordelo do Ouro, no Porto. Aqui, os cidadãos começaram espontaneamente uma iniciativa chamada “Às dez no Largo”, que desafia todos os moradores a irem, às 22 horas de cada noite, à sua janela para cantar várias músicas portuguesas conhecidas, lutando assim contra a solidão e aumentando a empatia.

Leia o artigo completo.

26/03/2020 às 16:50

Pós-produção vídeo

Jorge Lopes

Produtora

Marta Cavaleiro
PUB