Mariana Monteiro, a Julieta contemporânea
"Romeu e Julieta", a obra de William Shakespeare, está de volta aos palcos, numa versão adaptada à atualidade. Aqui, Mariana Monteiro é a nova Julieta.

É uma das obras mais conhecidas e aclamadas de William Shakespeare e agora está de volta aos palcos, desta vez, no Teatro Nacional D. Maria II. O texto do clássico “Romeu e Julieta” é o elemento do espetáculo mais próximo da base original, nesta interpretação da obra.

Esta encenação e versão alternativa do português John Romão — que estreia esta sexta-feira, 14 de fevereiro, na sala principal do Teatro D. Maria II, em Lisboa — usa os efeitos de luz e outras manobras de palco para tornar as cenas mais dinâmicas, embora os atores estejam permanentemente imóveis. Mariana Monteiro e João Cachola estão parados e inclinados — suspensos nalgum tipo de dispositivo que está coberto pelos respetivos figurinos. Dali não saem até ao fim da peça, que se prolonga durante 1h30.

Mariana Monteiro começou a carreira, como tantos outros atores famosos em Portugal, na escola que foi “Morangos com Açúcar”, série juvenil da TVI. Desde então tem feito um percurso sobretudo ligado às novelas ou a projetos televisivos, tanto na TVI como na RTP e, mais recentemente, na SIC. Atualmente é a protagonista de “Terra Brava” — projeto que tem sido particularmente difícil de conciliar com esta peça de teatro.

Entre ensaios e entrevistas, Mariana Monteiro falou com a NiT sobre como tem sido (e vai ser) interpretar Julieta nesta versão alternativa em teatro, além de outros temas.

Leia o artigo completo.

16/02/2020 às 21:30

Imagem

Rui Marques

Imagem

Inês Gomes Lourenço

Pós-produção vídeo

Rui Marques

Produtora

Marta Cavaleiro

Jornalista

Ricardo Farinha
PUB